Como diminuir o abandono de carrinho e aumentar sua conversão

 em Marketing

O terror de qualquer loja é o momento do fechamento do pedido, o famoso checkout, mas por que? Vamos conversar um pouco sobre isto e perceber que diminuir a taxa de abandono de carrinhos não é um bicho de sete cabeças e, como recompensa, aumente as conversões, ou seja, o número de vendas de fato.

Colete o maior número de informações

Antes de mais nada não podemos ter preguiça de olhar relatórios e manter um ritual diário de acompanhar o movimento de sua loja, é fundamental e imprescindível saber de onde vem os visitantes, o que mais estão olhando, quanto tempo ficaram e por que saíram, uma boa ferramenta para isso é o Google Analytics que dá todas estas informações gratuitamente, mas existem outras plataformas pagas que podem complementar e refinar ainda mais com informações adicionais que o Analytics não dá devido sua política rigorosa

Conheça seu funil de vendas

Pra você que caiu aqui de paraquedas um funil de vendas é a relação de quantas pessoas tiveram contato com seu site ou loja e quantas de fato chegaram a uma conversão, seja ela fazer um cadastro, assinar uma newsletter ou realizar uma compra. Conhecer quantas visitas são necessárias para gerar uma conversão serve de parâmetro para todas as campanhas de propaganda que venha a fazer, por exemplo se seu site sem nenhuma propaganda precisa de mil visitas pra realizar uma venda, mas anunciando essa taxa cai para 200 visitas para cada venda, isso mostra que a campanha deu resultado e isso é mensurável, conhecer o funil é fundamental para um bom trabalho de publicidade e de gestão da sua loja, é uma ferramenta básica para saber a saúde de seu negócio e encontrar formas de otimizar sempre sua conversão.

Diminua a quantidade de passos

Hoje em dia tudo acontece muito rápido na internet e uma interação a mais pra fechar um pedido pode significar a perda de uma venda. nos dias de hoje está cada vez mais popular checkouts com um único passo e checkouts instantâneos, onde o cliente clica em um botão e já está na tela de checkout preenchendo as informações de compra e de entrega, sem ver carrinho, sem escolher quantidade, sem nenhum passo que possa ter que fazer esperar carregar mais uma tela e dar a oportunidade do possível cliente pensar que pode deixar pra comprar depois, porque está demorando muito pra terminar.

Procure facilitar o máximo para seu visitante se tornar um cliente de fato, diminua ao máximo o número de telas necessárias para fechar um pedido e veja o resultado comparando seu funil de vendas.

Menos é mais

Está cada vez mais comum perceber como a loja muda quando entramos no processo de fechamento do pedido, o checkout, as vezes parece outra loja. Isso acontece porque já é comprovado que quanto mais elementos na hora de fechar o pedido, maiores são as chances do cliente sair dele. Ver o menu com destaque pode dar vontade de ver mais algum produto, uma promoção pode disvirtuar para outra página, uma foto muito destacada, um botão que não é o de fechar pedido chamativo demais que leva para outro lugar, página muito poluída ou com elementos desnecessários…. Todos estes elementos são exemplos de distrações na hora de fechar o pedido que não podem existir, por mais que pareça tentador mostrar mais uma promoção e aumentar o valor da venda, isso tira o caminho da venda na quase totalidade dos casos resulta na desistência da compra, por isso na tela do checkout arranque tudo que não é necessário da página, seja o mais objetivo e claro possível e depois da venda fechada, não esqueça de oferecer mais uma promoção.

Faça remarketing

Já reparou que quando você entra em uma loja pesquisando um produto, começa a aparecer propagandas deste mesmo produto em todo lugar? Isso é remarketing.

Remarketing é uma modalidade de anúncios especiais que visa recuperar um visitante que entrou em sua loja, mas que não comprou e pode ficar ativa por dias ou semanas. Existem várias formas de aplicar o remarketing na internet através de serviços especializados nela, vale muito a pena e para muitos lojistas costuma trazer bons resultados.

Tenha um plano de pós venda

É sério, a venda é só o começo. Um cliente só é um cliente de fato quando ele compra com você, antes disso é só mais um visitante e você não pode deixar ele ir embora assim só com uma compra, este cliente está “quente” e precisa ser acompanhado, agraciado, mimado. Tudo para chegarmos à uma segunda compra. Precisamos, claro fazer um forte trabalho em cima disso. por exemplo se seu cliente comprou uma impressora, pode ser que daqui a um mês ele precise de um cartucho de tinta, que tal configurar para enviar um email com promoção de cartuchos de tinta da qui a 30 dias? Na internet existem diversas empresas que oferecem serviços de envio programado de emails ou também chamados de mala direta, totalmente automatizados. Vale muito a pena conhecer.

Faça testes sempre

Já analisei meus dados, conheci meu funil, otimizei as propagandas, remarketing, checkout, criei um plano de pós venda… to vendendo muito mais, acabou? E agora? Agora começa tudo novamente, hora de analisar os dados, fazer novos testes a avaliar novos resultados, estudar tendências  e conversar com clientes

O processo de melhoramento não tem fim ele é vivo e está sempre mudando, estar atualizado e sempre fazendo novos testes é imprescindível pois a única coisa constante é a mudança e na internet tudo muda muito rápido. Esteja sempre testando e atualizando suas estratégias e tecnologias para garantir a saúde e o crescimento do seu negócio

e chegamos ao final deste artigo com um resumo do que é basicamente o que toda loja precisa fazer para começar sua vida de e-commerce, nada aqui é definitivo e procurei dar mais uma leve pincelada sobre os principais pontos. Cada tópico aqui mostrado merece um artigo dedicado ou até dois, mas vamos começar devagar e aprofundando cada vez mais a medida que escrevo, caso tenha dúvidas ou sugestões comente aqui embaixo.

Um abraço e até a próxima.

 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário